sexta-feira, junho 27, 2008

De mandioquinha


Mandioquinha também é chamada de batata baroa. Batata baroa também é chamada de mandioquinha. Esse legume, que lá em casa e acho que na casa de muita gente só rolou quando tinha neném, é muito nobre para um simples legume. O mais engraçado é como a gente deixa de comer certas coisas ao longo da vida sem um motivo forte o suficiente. Não sei porque deixei de consumir, mas me sinto triste por não saboreá-lo tanto quanto gostaria. No caso da receita da vez eu não quis que ele fosse um simples purê, ou nhoque(como já postei por aqui) ou mesmo um caldinho.
Confesso que a idéia veio sem querer porque fiz sim um caldinho ontem e o mesmo não deu muito certo. Ajustes no sabor que na hora não consegui resolver. Hoje ele virou salgadinho gourmet, que é como gosto de chamar as versões de salgadinhos de festinhas de criança que a gente faz com ingredientes mais nobres que normalmente usaríamos.

Vamos lá então.
*A mandioquinha cozinha super rápido, poranto não tem desculpa para não fazer quando dá vontade.
*O queijo para rechear pode ser qualquer um que não tenha sabor forte demais, apesar do brie ficar delicioso. O que quero dizer é que queijos fortes como o gorgonzola são um tanto fortes para esse sabor.
*Não empanei porque simplesmente no momento que fiz não tinha farinha de rosca. Resolvi tentar e deu certo!
*A Semolina é a parte nobre do trigo e muitas preparações são feitas com ela. Uma das mais famosas é o Nhoque de Semolina que é aquela massa de nhoque cortada em rodelas e levada para gratinar com queijo parmesão ralado por cima. Usei na receita para dar uma leveza maior e acentuar a cor amarelo ouro tão bonita da mandioquinha.

Salgadinhos de mandioquinha recheados com queijo

3 mandioquinhas médias descascadas e picadas
1l de caldo de legumes
pimenta do reino a gosto
sal a gosto
3 colheres de sopa de semolina
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1 xícara de queijo parmesão ralado
azeite
1/2 cebola ralada
2 dentes de alho amassados
500g de queijo mussarela cortada em cubinhos ou ralada em ralo grosso
Óleo de milho para fritar

Em uma panela refogue a cebola e o alho em azeite. Acrescente a mandioquinha e mexa bem. Tempere com sal e pimenta. Coloque o caldo de legumes e deixe ferver em fogo brando até que o legume esteja bem cozido. Feito isso, passe a mistura no liquidificador e bata bem. Retorne ao fogo e quando subir fervura novamente coloque a semolina e mexa bem. Começando a borbulhar novamente acrescente o queijo parmesão ralado e mexa bem. Deixe levantar fervura de novo e acrescente a farinha de trigo e mexa vigorosamente até virar uma bola de massa. Coloque sobre uma tábua e abra um pouco para esfriar. Sove um pouco a massa e abra com um rolo. Corte círculos e recheie com o queijo mussarela. Pode fazer o formato que desejar. De coxinha, de risole ou bolinhas fica delicioso do mesmo jeito!!


segunda-feira, junho 09, 2008

Salmão

Vou começar falando sobre o que acompanha esse peixe nessa receitinha que fiz rapidinho. A lentilha já foi estrela de outra preparação que já postei por aqui não faz muito tempo. Nessa versão ela vem cozida com um caldo grosso bem temperado com alho e ervas finas simplesmente maravilhoso.

*Deixei a lentilha de molho em água por 4h.
*Enquanto estava de molho fiz um caldo de legumes com uma cabeça de alho cortada ao meio sem soltar os dentes - com casca e tudo mesmo - cenoura, salsão, cebola e um buquê garni com cebolinha, sálvia, tomilho, manjerona, manjericão e salsinha. Tudo isso cozido durante essas 5h em água no fogo bem baixo.

O salmão é um dos meus meus peixes preferidos. Rico em ômega 3 e com uma gordura que faz bem a saúde muita gente o conhece pelo sashimi, que é característico da culinária japonesa. No meu caso, ele está com um tempero super simples e passado no azeite é uma delícia.

*O salmão deve ser limpo antes de ser preparado obviamente, mas a atenção especial à sua limpeza é importante porque ele possui espinhas que são relativamente fáceis de se tirar antes de cozinhar.
*O seu ponto pode ir desde o cru até totalmente cozido. Faça-o no ponto que mais gostar, pois seja ele qual for será sempre um sucesso.
*Para o azeite de ervas: Escolha as ervas que gostar e pique finamente. Esquente levemente a quantidade de azeite que desejar e desligue o fogo. Acrescente as ervas e deixe o azeite esfriar e guarde em um recipiente de vidro em local escuro e fresco. Use sempre que desejar.

Essa receita é para dus pessoas.

Salmão crocante em cama de lentilhas

2 filés de salmão de 120g cada
2 xícaras de lentilhas já hidratadas
1,5l de caldo de legumes
2 dentes de alho amassados
sal e pimenta a gosto
azeite
azeite de ervas

Em uma panela de pressão refogue o alho com azeite de ervas. Acrescente as lentilhas hidratadas e escorridas e mexa bem. Coloque o caldo de legumes e deixe na pressão por 30 minutos em fogo brando. Destampe a panela e deixe me fogo baixo até o caldo engrossar.
Tempere os filés de salmão com sal e pimenta e em uma frigideira bem quente com um pouco de azeite doure os filés. Certifique-se de que cada lado dos filés tenha passado pela frigideira até o ponto em que sua superfície fique bem dourada e crocante.

Sirva em prato fundo a lentilha regada com azeite de ervas e o filé de salmão em cima.

terça-feira, junho 03, 2008

Docinho moleza



Simplicidade às vezes faz mais vista do que elaboração. Foi assim que o doce de banana da foto se tornou tão lindo e saboroso. No mês passado recebi visita de família. Minha tia passou uns dias aqui comigo e não conseguia ficar parada. Rolaram muitas coisas gostosas. Compramos umas bananas pra acompanhar um picadinho e quando fomos comer elas estavam travando pra caramba. Ficaram esquecidas um bom tempo na geladeira e antes que o desperdício se fizesse presente correu com as danadas pro fogão.

*Pode fazer com qualquer banana, não importa. Escolha a que mais gosta.
*Não corte em pedaços muito pequenos senão elas desmancham e uma pasta não é o resultado desejado aqui.
*Canela é perfeita, mas se não gosta não coloque.
*O creme de leite fresco deve estar super gelado para que o seu resultado seja perfeito na hora de bater.
*Se quiser colocar raspas de limão no chantilly vá em frente.
*Se quiser substituir o chantilly por marshmallow também pode.

Doce de Banana e Chantilly

4 bananas médias(ou 300g) cortadas em rodelas
10 colheres de açúcar refinado
10 colheres de água
1 colher de sobremesa de canela em pó
100ml de creme de leite fresco

Misture as bananas com o açúcar e a água e leve ao fogo baixo até que as mesmas estejam bem douradas. Na minha cozinha levou uns 30 minutos. Coloque a canela, misture bem e reserve.
O chantilly você pode bater em batedeira até que ganhe consistência e os batedores comecem a abrir buracos no creme. Cuidado para não bater demais pois pode virar manteiga. Eu bati na mão mesmo, com um fué em uma tigela de inox para que o creme de leite não ganhasse calor muito rápido. Quando batido na batedeira o chantilly tende a ficar mais grosso e consistente. Já na mão ele fica firme mas tem uma aparência mais natural. Para servir molhei levemente uma colher e reitrei uma quenelle que é esse formato que você vê na foto. Uma folhinha de manjerona pra enfeitar.

Related Posts with Thumbnails