quarta-feira, maio 27, 2009

É muito lindinho!













Eu sou fissurada em internet. Adoro navegar pela rede. Descobrir coisas novas é a minhas maior diversão. E nessas ondas virtuais eu sempre acabo entrando nas ondas do momento. Agora eu "twito". Tenho um complemento no meu Firefox que sempre mostra quando algum dos twitters que eu acompanho atualiza. Foi aí que cheguei aqui. É tudo muito legal!

A marmitinha fashion é maneira demais. A lancheira então nem se fala. Como está nos meus planos fazer uma visitinha ao Mickey Mouse ainda esse ano, com certeza vai para minha listinha de compras. Quando vi a lancheira, lembrei de um sanduiche que fiz há um tempo atrás que ficou perfeito. Os vegetarianos de plantão vão amar. A simplicidade desse sandubinha combina com a garrafinha de água que dá pra levar na lancheirinha. Para a marmita eu sugiro em um post futuro.
O sanduíche é vapt-vupt.
* Você vai precisar de 2 tipos de cogumelos - escolha o que gostar mais.
* Eu utilizei shitake e shimeji. Aqui em Brasília a gente acha em bandejinhas pequenas e já higienizados. Se não confiar muito na limpeza utilize apenas uma escovinha seca ou um pincel limpo. Os cogumelos são como esponja. Absorvem tudo que entra em contato com eles. Se você coloca debaixo da água eles vão absorvê-la e quando fizer na panela não absorverá os sabores corretamente por estar cheio de água. Portanto, limpe a seco. Retire os talos.


* Utilize manteiga no lugar do azeite aqui. Queremos um molhinho levemente espesso e brilhante.
* Para continuar alegrando os vegetarianos utilize caldo de legumes. Se você é rebelde e não acredita em vegetarianismo ou simplesmente acha mais gostoso pode utilizar caldo de carne. O caldo de galinha não vai ficar muito legal, já testei.
* Ervas aromáticas são perfeitas com cogumelos. Faça a sua seleção preferida e acrescente apenas na hora de servir para manter o frescor.
* A baguete ficou bem legal aqui. Manteve uma crocância legal sem ressecar. Acho que com ciabatta deve ficar ótimo também. Pelo mesmo motivo da baguete.
* Eu usei metade de uma baguete e metade da bandeja de cada cogumelo. A outra metade dos cogumelos eu coloquei na receita que vou sugerir para a marmita.
* Mesmo usando só a metade, vou colocar a receita para a baguete inteira, ou seja, 4 sanduiches.
* Observe a cebola roxa na foto. Não é linda?


Sanduche de Shitake e Shimejji

1 bandeja de shitake cortado em tiras
1 bandeja de shimeji cortado
1 cebola roxa picada
1 cálice de vinho branco
1/2 xícara de caldo de legumes
2 colheres de chá de manteiga
sal e pimenta a gosto
1 baguete
4 colheres de sopa de azeite
2 dentes de alho amassados

Corte a baguete em quatro e abra. Misture o alho no azeite e passe nos pães. Leve à grelha ou a uma frigideira antiaderente para dourar. Em uma panela coloque metade da manteiga e a cebola roxa. Mexa bem até que a mesma comece a ficar transparente. Coloque os cogumelos e tempere com um pouco de sal e pimenta. Coloque o vinho branco e quando o aroma "subir" coloque metade do caldo. Mexa bem e tampe a penla e deixe em fogo baixo por uns 3 minutinhos. O caldo deve reduzir um pouco. Coloque o restante do caldo e da manteiga e acerte o sal e a pimenta. Deixe destampada para que o caldo engrosse levemente. Acrescente as ervas que desejar e desligue o fogo. Coloque nos pães e sirva. Se for levar para algum lugar deixe esfriar antes de rechear o pão. Se ele for recheado e guardado a umidade do molho vai amolecer o pão e não vai ficar legal.

segunda-feira, maio 18, 2009

Empada Gigante


É empadão. É uma delícia. É de frango.
Não tenho foto dele cortado porque levei pra casa de um amigo antes que pudesse registrar. Bem, a massa é meio pesadinha - 'dieteticamente' falando - mas como tudo que é gostoso engorda, não tem jeito, é melhor aceitar e pronto.

* Para a massa você pode substituir a margarina culinária por manteiga sem sal. Prefiro sem sal porque é mais fácil de acertar o sabor. Sem falar que fico sempre com a impressão de que a manteiga com sal é mais 'aguada'.
* Faça a massa antes e deixe descansando na geladeira enquanto faz o recheio.
* Para o recheio, eu fiz de frango, mas pode escolher o que mais gostar. Tudo fica bom. Até doce.
* Não deixe de colocar o ovo batido por cima antes de assar. Assim você dá um visual bonito à sua torta e não deixa ela ressecar.
* Para o molho você pode utilizar o pronto, mas se quiser fazer o seu próprio também vai ficar perfeito. Geralmente eu faço com o pronto, mas uma vez utilizei tomates pelados - aqueles da lata - picados e ficou ótimo.
* Eu uso muçarela e recomendo que nesse caso você não troque. Qualquer outro queijo tem um sabor forte demais ou fraco demais e vai ficar meio estranho.
* Você pode fazer em forminhas individuais. Se preferir não colocar uma tampinha de massa utilize só o queijo mesmo.
* Acho legal temperar o frango antes. O resultado é beeeeem melhor.


Empadão de Frango

Para a massa:

150g de margarina (ou 2 tabletes e meio)
3 xícaras de farinha de trigo
sal a gosto
1 gema
1 ovo

Misture a margarina com a farinha de trigo e com a ajuda de um garfo vá misturando de maneira que fique parecendo uma farofa. Coloque a gema e misture bem. Tempere com sal e com as mãos vá amassando tudo até que vire uma massa homogênea e lisa. Ela vai desgrudar completamente das mãos. Embrulhe em um plástico e deixe na geladeira até que o recheio estja completamente frio.

Recheio:

800g de peito de frango picado
1 cebola ralada
4 dentes de alho amassados
1/2 xícara de molho de tomate
2 tomates sem pele e sem semente picados
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 colher de chá de catchup
1 colher de chá de mostarda
1/2 xícara de água
sal e pimenta a gosto
Azeite

1 xícara de muçarela ralada

Misture o frango ainda cru com todos os ingredientes menos o molho de tomate, o azeite, a farinha, a água e os tomates picados. Deixe descansar por 10 minutos. Em uma panela bem quente coloque o azeite e o frango. Refogue até dourar. Coloque os tomates e o molho. Dissolva a farinha na água e deixe ferver até engrossar ligeiramente. O líquido ficará reduzido à praticamente a metade. Deixe esfriar.
Em um recipiente que possa ir ao forno coloque a massa com as mãos e alise bem. Estique parte da massa e reserve. Coloque o recheio, a muçarela e por cima a massa esticada. Aperte as bordas para que o recheio não vase quando for ao forno. Bata o ovo levemente e coloque um fio de azeite. Pincele por cima e leve ao forno médio até dourar.

segunda-feira, maio 04, 2009

Esse é sem farinha de trigo



Já fiz bolo de coco uma vez e postei aqui. Apesar daquele ter ficado muito bom, esse é maravilhoso! Ridiculamente fácil de fazer.

*Eu usei coco ralado de pacote, mais precisamente flocos de coco. É claro que coco fresco fica muuuuuito melhor.
*Usei leite condensado desnatado. Não deveu nada para o comum. Na verdade, acho até que ficou mais gostoso.
*O bom - ou ruim - é que ele é pequeno e você pode fazer rapidinho sempre que der vontade. Eu usei uma forma pequena redonda, mas pode ser com buraco no meio, quadrada... Do jeito que você achar mais bonito. Só nunca tentei fazer em forminhas de muffin, aqueles minibolos que a gente assa em uma forminha de papel.
*Falei que não tem farinha, mas tem só um pouquinho. Na forma, para ele não grudar.


Bolo de Coco

1 lata de leite condensado
4 ovos
1 colher de sopa de manteiga ou margarina
100g de coco ralado


Bata no liquidificador a margarina, os ovos e o leite condensado. Coloque a mistura em um recipiente e misture o coco. Unte e polvilhe uma forma e coloque a mistura nela. Leve ao forno médio até dourar. Retire do forno, deixe esfriar um pouco, desenforme e sirva!
Related Posts with Thumbnails