quinta-feira, fevereiro 18, 2010

2 livros. 2 receitas. Receita 2.

Agora vamos à segunda receita. Essa é super simples e é uma caprichada naquele omelete que todo mundo faz do mesmo jeito. Bem, nesse caso, o jeito é um pouquinho diferente. Afinal, Jamie Oliver não faz comidas muito comuns...
Começo dizendo que o chouriço da receita eu não encontrei aqui em Brasília. Na verdade, eu nem procurei muito. Fui no mercado, perguntei e não tinha e não saí procurando em lugar nenhum. Usei linguiça portuguesa no lugar.



* Eu adoro coentro e por isso na minha foto parece uma floresta e no livro a quantidade está real e decente. Não se preocupe que salsinha também pode(na receita original é com ela). Sei que coentro é uma coisa rara de se gostar.
* Cozinhe a batata num ponto em que ela não desmanche senão vira purê junto com os ovos.
* A cebola roxa fica legal também, mas escolhendo usar ela não passe na frigideira. Corte bem fininha e passe em água gelada para tirar o gosto forte e coloque por cima.



Omelete de batatas com linguiça portuguesa

4 batatas pequena descascadas e cortadas em palitos, cozidas
sal e pimenta a gosto
6 ovos bem batidos
1 linguiça portuguesa cortada em meia-lua
Azeite
1 punhado de alecrim
1 cebola pequena cortada em tiras finas
1 limão
1 punhado de coentro picado

Misture os ovos com as batatas cozidas e reserve. Em uma frigideira grande coloque um fio de azeite e a linguiça e frite até que doure. Coloque o alecrim e quando começar a "pipocar" retire e reserve. Coloque as cebolas nessa mesma frigideira e deixe murchar. Retire e reserve. Aproveitando a gordura restante coloque os ovos com a batata e tempere com sal e pimenta. Tampe e deixe por uns 2 minutinhos. Coloque a linguiça e a cebola por cima e abaixe o fogo no mínimo e deixe terminar de cozinhar os ovos. Em um recipiente separado coloque o coentro e tempere com pimenta moída na hora e algumas gotas de limão e um fio de azeite. Retire o omelete da panela e sirva com o coentro por cima.

2 livros. 2 receitas. Receita 1


Para a série dos livros preferidos vou indicar aqui 2 que adoro. Um deles eu já falei aqui (falarei novamente) e o outro foi uma aquisição de viagem recente. Obrigada Mickey! Serão 2 posts.




Eu comprei esse livro mais no chute do que por recomendação, mas uma coisa que percebi ao longo do tempo é que receitas americanas NUNCA dão errado. Pelo menos comigo não.Vou passar a receita e vou dar uma dica de como servir.
Torta de maçã é uma sobremesa super tradicional na terra do Tio Sam e é uma delícia. Adoro a combinação de recheio crocante de maçã e a massinha esfarelenta que envolve ele.



* A maçã que usei foi a gala que acho a melhor para fazer recheios de torta porque ela tem uma consistência boa que não é macenta como a argentina e o sabor não é tão ácido quanto a fuji.
* Corte em meia lua para tortas maiores e em pequenos cubos para tortas menores ou mais baixas.
* A canela é mandatória aqui. Se você não gosta faça um esforço nessa receita porque o sabor dela complementa a sobremesa.
* A manteiga sem sal é outro ingrediente importante, mas apenas para o recheio já que na massa a gente usa a margarina culinária. O sal pode interferir no sabor.
* Eu coloquei umas raspinhas de laranja na massa e ficou bem legal.
* Atenção que no fim da receita tem a sugestão de como servir. É bem legal!



Torta de Maçã (Apple Pie do Mickey)

Massa:

2 xícaras de farinha
1/2 colher de chá de sal
6 colheres de sopa de margarina gelada
2 colheres de sopa de manteiga gelada
1/2 xícara (ou o que baste) de suco de laranja gelado

Misture todos os ingredientes menos o suco com um garfo de maneira que vire uma farofa bem soltinha. Vá colocando o suco de laranja aos poucos até que a massa fique homogênea e lisa e deixe a tigela limpinha. Ela vai desgrudar completamente das suas mãos. Divida a massa em dois e enrole em plástico filme e leve à geladeira para que fique resfriada enquanto prepara o recheio.

Recheio de Maçã:

1,5kg de maçã descascada, sem sementes e cortada em meia-lua
1 limão espremido
3/4 de xícara de açúcar
1colher de chá de canela
1 pitada de sal
4 colheres de sopa de manteiga picada gelada

Misture as maçãs com o limão, açúcar, canela e sal. Deixe descansar por 10 minutos.
Estique a massa em uma superfície enfarinhada e coloque em um pirex de maneira que forre completamente toda a superfície. Escorra o recheio e reserve o caldo que se formou. Coloque as maçãs dentro do recipiente forrado com a massa. Espalhe a manteiga por cima e forre com o restante da massa que também foi esticada na superfície enfarinhada. Retire o excesso de massa e aperte bem as laterais. Faça furos com uma faca e leve ao forno pré-aquecido a 180°C até que a massa fique crocante e levemente dourada.

Agora vamos à sugestão de como servir. Não tirei foto do resultado final mas posso garantir que ficou muito maneiro. Coloque uma xícara de açúcar em uma panela e deixe virar um caramelo. Quando estiver bem dourado coloque o caldo da maçã (MUITO CUIDADO. Caramelo queima que é uma beleza!) Misture bem até que fique homogêneo. Feito isso pegue um copo transparente bem bonito (pode ser caneca) e coloque a calda nas paredes como se fosse uma calda de sundae. Faça camadas de torta e sorvete de creme terminando com o sorvete. Decore com castanhas ou amêndoas e mais um pouco da calda. Eu garanto que fica perfeito.

terça-feira, fevereiro 09, 2010

Lava de chocolate

Muito cuidado. Ao colocar a colher nessa xícara você tem grandes chances de se queimar! E não vai ser bonito. Gostoso com certeza, bonito não. O verão está aí bombando, mas para que me lê e não está no verão essa é uma sugestão maravilhosa!
Chocolate quente é A alternativa para esquentar quem não toma café ou qualquer outro tipo de bebida quente disponível no inverno. Pense num chocolate quente grosso. Lava grosso. Aquela, que sai do vulcão quando ele entra em erupção.
Para aquela noite fresquinha e chuvosa você pode servir como eu servi aqui em casa. Em forma de mini fondue de chocolate.

* O segredo é colocar muito mais chocolate do que qualquer outra coisa.
* Eu usei um mix de chocolate ao leite com meio amargo com quantidade maior desse último.
* Creme de leite fresco é a melhor escolha mas o de caixinha é bom também. O de lata eu não recomendo porque é muito gorduroso e o soro atrapalha.
* Se você escolher o de caixinha não deixe ferver. Apesar de poder não é o ideal.
* Quanto melhor a qualidade do chocolate melhor. Acho que nem precisava dizer, né?
* Eu servi com morangos, mas confesso que minha fruta preferida é banana. Use a que mais gosta.
* Eu usei leite condensado para fazer o coração. Fiz um círculo e com um palito eu passei de cima para baixo para formar o coração.

Lava de Chocolate

100g de chocolate meio amargo picado
50g de chocolate ao leite picado
150ml de creme de leite fresco
6 morangos

 

Coloque o creme de leite em uma panela e deixe esquentar até que entre em quase fervura. Retire do fogo e acrescente os chocolates. Mexa té que tudo esteja derretido e homogêneo. Sirva em xícaras acompanhados de morangos.

Eu experimentei! - Vintage Cupcakes

Já faz muuuuuuito tempo que provei dessas delícias. Mais charmoso impossível!
Essa rede de mini bolinhos está fazendo o maior sucesso aqui em Brasília já faz algum tempo e não tem como não ficar com água na boca. Se você não é muito formiga como eu vai se encontrar nos sabores da marca. São muffins turbinados e que têm sua doçura muito moderada. A cobertura parece muita, mas é muito legal dar uma mordida e sujar a ponta do nariz. Eu acho divertido! E se a gente não se diverte nessa vida, o que a gente faz?
Não vou dar receita nenhuma nesse post, para que você que mora em Brasília fiqeu com vontade de experimentar e você que não mora venha conhecer a capital federal (que apesar de tudo que os políticos fazem é liiiiinda) e experimente essas delícias também.
Nas fotos os sabores são de Brigadeiro (o meu preferido) e de Creme de Côco. Já provei também de Red Velvet que é lindo.



Para quem ficou com vontade de conhecer Brasília dá uma olhada aqui.
E para quem quer saber mais sobre Vintage Cupcakes infelizmente vai ter que confiar apenas em minhas poucas palavras porque o site está sendo 'confeitado' e ainda não está no ar.

segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Um formigueiro de Cenoura

Bolo de cenoura é um clássico brasileiro. Todo mundo ama tudo nele. Mas quem nunca comeu só a cobertura e deixou o resto no prato? Pois é, comigo sempre foi porque o bolo sozinho nunca foi tão bom quanto o bolo com cobertura.
No entanto, devo dizer que esses dias acabaram. Consegui fazer o bolo perfeito. Chocolate por todo lado e nenhum pedaço seco sobrando no prato. Procurei milhões de receitas pela web e consegui muita inspiração para criar a minha própria receita (se é que isso é possível...)

* A escolha da forma é importante e quanto menor ela for melhor será o resultado. Com formas menores o tempo de forno também é menor e a chance de ele perder umidade é pequena. Eu usei forma de bolo inglês que enchi até a metade e uma forma redonda de uns 20cm de diâmetro.
* A cobertura também é importante. É claro que aquela da vovó com achocolatado cai super bem, mas confie em mim quando digo que uma ganache de chocolate é o que há.
* O suco de laranja pode ser aquele pronto de caixa, mas aviso logo que além de não ser fresco a acidez dele pode interferir no sabor.
* As cenouras que utilizei eram mais compridas do que largas, se é que me entende. Descascar é importante porque com casca a massa vai escurecer.
* Se quiser colocar coco ralado na massa, você pode. Uns 100g é o suficiente. E flocos é sempre mais gostoso.
* Eu usei granulado para fazer o efeito formigueiro. Escolhi um granulado bem gostoso para não perder a nobreza dos ingredientes utilizados. Depois que terminei e fui fazer a cobertura foi que pensei como seria gostoso raspar chocolate e colocar no lugar do granulado...
* O tradicional óleo foi substituído por margarina culinária e achei que isso também contribuiu para a umidade do bolo.



Bolo formigueiro de Cenoura

3 cenouras médias descascadas e picadas
1 tablete de margarina culinária picada
1 xícara e 1/2 de açúcar
3 ovos grandes
2 laranjas espremidas
1/2 xícara de granulado de chocolate
1 xícara e 1/2 de farinha de trigo

Cobertura:

200g de chocolate meio amargo
1 caixa de creme de leite
1/4 de xícara de leite
3 colheres de sopa de açúcar

No liquidificador coloque a cenoura, o açúcar, os ovos, a margarina e metade do suco de laranja. Bata bem até que fique bem homogêneo. Transfira para uma tigela e misture a farinha e o restante do suco alternadamente. Coloque o granulado e misture bem. Coloque a massa na forma untada e pouvilhada e leve ao forno a 200ºC por 40 minutos ou até que ao colocar um palito ele saia limpo.
Para a cobertura misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo até que fique uma calda grossa e brilhante.
Quando retirar o bolo do forno deixe esfriar e desenforme. Coloque a cobertura por cima e sirva.

Related Posts with Thumbnails