terça-feira, maio 29, 2012

Eu Fui: Bar Devassa 409 sul

Eu gosto de cerveja. Mesmo antes de toda essa moda de mestres cervejeiros e cervejarias artesanais eu já curtia uma gelada. A Dado Bier, uma da precursoras das cervejarias da moda já era uma das minhas queridas e achava o máximo frequentar. É óbvio que ia muito pouco, porque o fator geográfico interferiu já que morava em Niterói e a mesma ficava em Curitiba.
Sou uma fanática por descontos e cupons e promoções. Um dia estava pela internet e vi uma promoção do site de compra coletiva Click On e me interessei: 2 Devassas Louras+portenha de picanha com batata, farofa e molho no bar Devassa da 409 sul aqui em Brasília. Animei na hora e pensei que a oportunidade de conhecer o bar seria perfeita.
Fui hoje, 29 de maio de 2012, e confesso que me decepcionei com o tal petisco. Olhei no cardápio e vi o valor original: por volta de 60 reais. E quando chegou na minha mesa... "CUÉN". Picanha super dura e mal servida(pelo valor cobrado tinha que ter vindo o dobro) Os acompanhamentos super pequenos também. Deliciosos, mas uma miséria. Não conseigo superar o fato de que a picanha estava dura. No bar mais simples que puder encontrar não servirão uma carne tão dura assim. E o tempo eu pensava que era porque "tinha ido de cupom". O pessoal era muito atencioso, mas mesmo assim não conseguia parar de pensar que se estivessse lá como um cliente casual não seria aquele desastre. A carne viria macia e todo o resto muito mais bem servido.
Prova disso foi que pedimos também uma porção de frango à passarinho (carinhosamente chamado de "piu piu") e pela foto você pode ver com seus próprios olhos a diferença de tamanho.
 A parte boa mesmo foi o chopp. Como eu disse antes eu gosto de cerveja. Gosto bastante dos chopps e das cervejas da marca e apesar de serem distribuídas pela Schincariol são de muito boa qualidade. Confesso que quando eles compraram a Devassa pensei que a qualidade iria cair, mas não foi o que aconteceu. Um dos meus preferidos é o tipo Weiss que é de trigo. No cardápio é chamado de Sarará e para mim é o que tem o melhor custo-benefício. 
 A conclusão de tudo isso é que mesmo com a decepção total do petisco de picanha eu voltaria ao bar por causa da cerveja, mas com certeza não pediria a tal Portenha de picanha.

segunda-feira, maio 14, 2012

Risoto de Funghi Porcini e Cogumelos Paris frescos

O risoto virou o prato mais feito quando se quer impressionar. E realmente é muito fácil impressionar com ele. A cremosidade atingida, os ingredientes escolhidos e tudo mais que pode acompanhá-lo faz com que você seja sucesso de público e crítica. Numa ocasião especial você tira um pouquinho aqueles trocados do fundo do bolso e escolha ingredientes mais nobres para fazer sua receita. Eu fiz um cálculo rápido e com os preços de Brasília/DF eu gastei 40 reais para fazer esse risoto com filé e cogumelos frescos orgânicos e cerveja Dado Bier Lager para duas pessoas. No meu caso eu aproveitei as promoções disponíveis no mercado e dependendo do que você escolher pode gastar um pouco mais ou até menos... Na verdade eu gastei mais que isso, mas fiz o cálculo de valores do que usei. Tipo: comprei uma garrafa de vinho, mas só usei uma taça então calculei o valor dessa taça e adicionei à conta. Entendeu? O que sobrou, sobrou, e fica para uma próxima receita.

Bem, para começar vamos às orientações básicas:
* O funghi Porcini é um tipo de cogumelo desidratado muito tradicional da culinária italiana. Super aromático, ele tem um sabor marcante e você não vai se arrepender em usá-lo. Ele é super caro, mas vale a pena. Se você não achar use só os outros cogumelos da receita.
* Funghi secchi você encontra mais facilmente. Ele é mais escuro que o Porcini e na maioria das vezes vem do Chile. Você também vai precisar dele em pequena quantidade.
* O cogumelo Paris é a forma fresca do popular champignon, aquele que você compra em conserva. Nessa receita será usado o fresco.
(Aqui em Brasília eu encontro os 3 com facilidade em pequenos empórios e em lojas de produtos japoneses.)
* O arroz próprio para risoto é a única exigência aqui e que não aceita substituições. Os mais comuns são o Arbóreo e o Carnarolli.
* Use e abuse das ervas aromáticas. Elas fazem toda a diferença.
* O caldo feito em casa é o melhor para quando se quer fazer um risoto. Se você não quiser fazer escolha os já prontos que possuem menos teor de sódio e lembre-se de tomar cuidado com o sal já que eles já vêm bem salgados.
* A receita serve 2 pessoas.

Risoto de Funghi Porcini e Cogumelos Paris frescos

1 e 1/2 xícara de arroz próprio para risoto
10g de funghi Porcini
10g de funghi Sechi
2 cálices de vinho branco seco (eu usei chardonnay)
500ml de água fervente
1 cebola
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de manteiga sem sal
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado na hora

1 colher de sopa de tomilho
1 colher de sopa de manjericão
1 colher de sopa de alecrim
1 colher de sopa de sálvia
(tudo embrulhado em um gase ou pano limpo)
1,5l de caldo (legumes ou carne)
1 xícara da água do funghi coada
1 bandeja de cogumelos paris cortados em 4
Ervas variadas à vontade picadas

Em um frigideira grande aqueça o azeite com as ervas variadas. Coloque os cogumelos e deixe dourar. Coloque uma colher de manteiga, tempere com sal e pimenta e uma colher de sopa de caldo. Deixe secar e reserve.
Numa tigela coloque os dois funghi e a água fervente. Deixe descansar por meia hora. Quando estiverem hidratados, escorra e reserve a água. Coloque em um mini processador ou liquidificador junto com a cebola e 2 dentes de alho e um fio de azeite. Bata bem até virar uma pasta. No caldo coloque a água do funghi coada e a gase com ervas e deixe ferver.

Na panela aquecida derreta metade da manteiga com a pasta que acabou de bater. Deixe dourar levemente e coloque o arroz. Misture bem e quando o arroz começar a ficar transparente coloque o vinho. O aroma do álcool evaporando tomará conta da sua cozinha. Quando ele acabar o seu arroz começará a secar. Retire as ervas do caldo. Nesse momento você começa a acresentar caldo e mexer sempre até que passados 15 minutos o arroz começará a ficar com uma textura mais macia. Experimente e o ponto correto é 'al dente'. Ele deve estar um pouquinho duro, mas não com jeito de cru. Se achar que necessita de um pouco mais de tempo continue acrescentando o caldo e mexendo sempre. Para finalizar, coloque o restante da manteiga e o queijo e mexa vigorosamente.

 Tampe a panela e deixe descansar por 5 minutos. Sirva com os cogumelos Paris. Eu fiz um filé na chapa e servi junto também.

sexta-feira, maio 11, 2012

Está com preguiça?


Manda um "Sloppy Joe". Esse sanduíche é fácil de fazer, rápido e delicioso! 

Em alguns lugares do Brasil é uma versão de cachorro quente. Na terra do Tio Sam ele é servido em pão de hamburguer e a carne com molho de ketchup. Eu resolvi "abrasileirar" usando o pão francês e dar um "foguinho" acrescentando pimenta calabresa à carne. Ficou bom demais!

*O corte de  carne que utilizei foi o patinho e pedi ao açougueiro que passasse pela máquina duas vezes.
*A pimenta que usar pode ser qualquer uma. Eu usei a calabresa, que é aquela vermelha seca super fácil de achar.
*Use o molho de tomate de sua preferência, mas eu usei tomates pelados. Você compra em lata, mas a passata também é uma boa alternativa.
*O verdinho na foto é o coentro, mas sempre digo que se quiser usar salsinha sinta-se livre.


Sanduíche com recheio de carne picante

4 unidades de pão francês
400g de carne moída
1 cebola pequena ralada
2 dentes de alho amassados
1 colher de sopa de ketchup
1 lata de tomates pelados
Azeite
Sal a gosto
1 colher de café de pimenta calabresa
Coentro ou salsinha picados

Em uma panela bem quente doure a cebola com o alho. Acrescente a pimenta e deixe soltar o aroma um pouquinho. Coloque a carne e continue mexendo (para que fique bem soltinha). Coloque o ketchup e os tomates. continue mexendo para que os tomates se dissolvam. A carne deve fica molhadinha, mas sem sobra de molho. Abra os pães e coloque um pouco de azeite deles. Doure em uma chapa ou frigideira e leve a mesa para que cada pessoa coloque a quantidade de carne que desejar. 

Related Posts with Thumbnails