segunda-feira, março 17, 2008

N°2 - Ervas Aromáticas

Não quero escrever aqui nada muito técnico sobre ervas aromáticas. A única coisa que acho que todo mundo tem que saber é que são boas demais e seu cheirinho já vale por qualquer coisa. Eu tenho algumas aqui em casa e toda vez que vou na minha varanda dou uma esbarradinha nelas só pra sentir o cheirinho. Ai que delicia...


Um dia estava fazendo um sol maravilhoso lá fora e quando chegou a hora do almoço resolvi inventar alguma coisa que fosse rápida, fácil e que combinasse com o dia. Bom, não sei bem se consegui tudo isso, mas com certeza estava gostoso!


Coisas que acho importante saber antes de fazer a receita:


* A mandioquinha cozinha bem rápido. Portanto, quanto mais tempo deixar na água, mais ela vai absorvê-la. Isso pode ser um problema na hora de misturar a farinha, pois quanto mais úmida, mais farinha ela vai precisar. Na hora que for cozinhar o nhoque ele pode ficar com muito gosto de farinha.

* Para fazer o Azeite de Majericão coloque a quantidade de azeite desejada em uma panela e leve ao fogo por 1 minuto. É o tempo necessário para que ele aqueça sem perder as suas propriedades nem saturar. Desligue o fogo e jogue o majericão rasgado na panela e deixe assim para os aromas se misturem bem. Essa dica serve para qualquer erva, até mesmo se quiser usar as secas.




Nhoque de madioquinha ao azeite de manjericão



4 madioquinhas descascadas

4 colheres de creme de leite

1 ovo levemente batido

sal e pimenta a gosto

Farinha de trigo

Azeite

1/2 xícara de queijo parmesão ralado fino

1 punhado de folhas de manjericão fresco

1 litro de água fervente


Fazendo:

Pique as mandioquinhas e cozinhe em água e sal até que fiquem bem macias. Escorra, coloque em uma tigela grande e amasse com um garfo até virar um purê. Misture o ovo, o creme de leite e o queijo ralado. Misture bem até que tudo esteja bem incorporado. Vá acrescentando farinha de trigo até que fique com uma consistência firme para enrolar. Não coloque muita farinha para não correr o risco de ficar pesado demais depois que for cozido. É importante observar que com a bancada pouvilhada com farinha, na hora em que enrolar a massa não grude nem nas mãos nem na bancada, mas quando abrir, por dentro estará bem macio mantendo a consistência de purê.

Enrole em forma de tirinhas e corte na largura de 1 dedo. Em uma panela, ferva água com sal e jogue o nhoque. Quando começar a flutuar escorra e jogue direto em uma frigideira com azeite levemente aquecido com manjericão. Sirva imediatamente.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails