domingo, novembro 07, 2010

Eu me inspirei: Epcot International Food and Wine Festival

No ano passado, mais ou menos nessa época, eu estava lá em Orlando visitando meu amigo Mickey Mouse e sua turma e é óbvio que fui no festival gastronômico do Epcot Center. Não sei se alguém sabe como é, mas para ser bem resumida na explicação e até bem simples, nada mais é do que uma quermesse chique em que as barraquinhas representam vários países e servem 3 pratos que eles acreditam ser representativos daquele país. Os 3 pratos são uma entrada, um prato principal e uma sobremesa em porções micro (estilo degustação) além se uma ou mais bebidas. 
Eu disse que são pratos que eles acreditam que sejam representativos, porque não tem como saber se eles realmente são o que as pessoas comem normalmente em seus países. No ano passado, (acho que nesse ano também tem) a barraca do Brasil era uma das mais concorridas. Tinha caipirinha com um mix chamado Leblon, que nunca tinha ouvido falar, costelinha com angú e manjar de coco. Tudo muito bonitinho, mas não achei interessante comer lá, já que sou do Brasil e a chance de comer isso aqui é mil vezes maior do que por exemplo eu comer uma comida do Marrocos que é a receita que você vai ver aqui nesse post hoje.
Amei tudo que experimentei lá e vi que tinha para vender um livro com várias receitas de pratos que foram vendidos durante o festival. Trouxe comigo, óbvio, e tentei fazer a receita do Marrocos. Não chegou nem perto do que eu comi e é por isso que comecei hoje, mais uma coluna chamada "Eu me inspirei". Chamo assim porque não é igual à receita original, mas segue o conceito e me lembrou aquela delícia que comi por lá.



Antes de começar observe:
*Os tomates cereja são melhores porque como não coloquei nenhum molho no pão eles servirão para umedecer o sanduiche.
*A pimenta síria é usada para fazer quibe e muitos pratos da culinária árabe. Você vai encontrar fácil em lugares que sejam especialistas na venda de ingredientes de países árabes, mas em mercados grandes também de acha. Não me lembro mais qual é a minha porque assim que abro temperos coloco no vidro e jogo fora o pacote.
*A carne moída pode ser qualquer uma, mas prefira a que tem menos gordura e peça ao seu açougueiro que passe duas vezes pela máquina.
*A farinha de pão pode ser feita em casa mesmo. É só pegar pão amanhecido e passar em um processador, ralador fino ou peneira.
*Você pode colocar o que desejar no seu pão. Use a imaginação.



Pão árabe com carne e tomates

300g de carne moída
1 colher de chá de pimenta árabe
1 cebola roxa pequena ralada
3 dentes de alho amassados
1 xícara de hortelã picada
sal e pimenta a gosto
3 colheres de chá de iogurte natural
2 ovos levemente batidos
1 xícara de pão ralado
Azeite
2 xícaras de tomates cereja cortados ao meio
3 pães árabes cortados ao meio e levemente aquecidos

Aqueça uma frigideira e coloque um fio de azeite. Jogue a cebola e uma pitada de sal. Misture sempre até que fique bem dourada. Coloque a pimenta árabe e msiture de maneira que a mesma fique úmida. Retire tudo da panela e misture à carne. 



Coloque o restante do ingredientes exceto os tomates. Misture bem e faça hamburgueres em formato um pouco mais oval. Aqueça a frigideira e doure a carne. Leve as carnes ao forno para terminar o cozimento. Enquanto isso, na mesma frigideira coloque os tomates e tempere com sal e pimenta. Mexa até dourar levemente.
Passe um pouco de azeite no interior dos pães e coloque a carne com os tomates e sirva!



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails