sexta-feira, abril 24, 2009

Salmão. Creme de Ricota.

O creme de ricota era para ser créme fraiche. Usei o primeiro para substituir o segundo. O salmão fresco era para ser salmão defumado. Também usei o primeiro para substituir o segundo. E no final não me arrependi de nada. Ficou tudo uma delícia.
A receita era para ser a do novo livro do Jamie Oliver que ganhei do meu marido. Ele me mima demais. E eu gosto.
O marido é esse aqui:


O livro é esse aqui:


Que coisa linda é esse livro. Tantas receitas frescas e lindas. Dá vontade de fazer tudo toda vez que vejo. Recomendo. Aliás só recomendo livros dele, né? Qualquer dia desses faço uma receita do livro da Nigella que também é ótimo. E muitos outros que tenho por aqui. Todos eles resultado dos mimos do maridão.

Por que substitui e por que adorei:

*O salmão defumado não é muito fácil de achar. Já vi por aqui, mas nunca tive coragem de me arriscar. Se achar salmão fresco lindo e não quiser cozinhar, corte como se fosse sashimi e sirva assim. Perfeito também.
*Só não recomendo que troque por outro peixe, porque não acho que não vá combinar muito bem com os acompanhamentos.
*Batatas podem ser grandes cortadas em pequenas ou podem ser daquelas que já são pequenas.
*Alcaparras podem ser pequenas ou grandes também. Só escorra-as de sua água e lave um pouco em água corrente para retirar um pouco do excesso de sal.
*Azeite. Muito azeite. Ele é importante aqui.
*Prefira a ricota fresca em vez da temperada ou defumada. Fica mais suave.
*Usei coentro em vez de Dill. Só porque gosto mais. Sei que tem gente que vem aqui e que gosta mais de salsinha. Fique à vontade.
*E por fim, o creme de leite. Não utilize o de lata. Muito pesado. E o fresco até pode, mas a cremosidade da ricota não vei ser a mesma se usar o de caixinha.


Salmão com batatas, alcaparras e creme de ricota no azeite

2 filés de salmão sem pele
Sal e pimenta a gosto
Azeite
200g de batatas descascadas
1 xícara de alcaparras
Dill ou coentro picado
150g de ricota
4 colheres de sopa de creme de leite de caixa(tipo UHT)

Tempere os filés com sal e pimenta. Reserve.
Coloque as batatas para cozinhar em água e sal. Enquanto isso, passe a ricota pela peneira ou amasse com um garfo. Tempere a ricota com sal e pimenta e misture aos poucos o creme de leite e azeite. Se achar necessário, adicione mais creme leite à ricota. A consistência deve ser de um creme firme que se mantenha na mesma forma ao ser colocado no prato.
Quando as batatas estiverem cozidas escorra e coloque em uma tigela. Misture as alcaparras e mais ou menos meia xícara de azeite. Misture tudo enquanto a batata estiver quente para que o sabor do azeite fique bem marcante e batata o absorva um pouco. Você pode deixar do jeito que está ou pode dourar um pouco numa frigideira bem quente.
O salmão você pode fazer assado ou grelhado. Eu fiz assado. Coloquei os filés no forno bem quente regados com azeite por 15 minutos.
No prato ou travessa coloque primeiro as batatas. Por cima o salmão e no topo a ricota regada com um pouco de azeite. Enjoy!

quarta-feira, abril 08, 2009

Verduras com Ervas Aromáticas e Agradecimentos


Tenho alguns amigos admiradores. Tenho alguns amigos que são 'fãs n°1'. Um deles me fez uma gentileza há um tempo atrás que até agora não agradeci devidamente. Me surpreendi muito com gesto e me senti muito especial. Marcelo, amigo querido, esse tópico é para você.
Como todos podem ver o blog está de cara nova e essa mudança faz parte das comemorações do nosso 1 ano de existência. A imagem que agora representa o Comer é Bom Demais é o presente que ganhei de Marcelo. Lindo não é? 
A receitinha é simples que só, mas de um sabor absurdamente incrível. Verduras frescas, ervas aromáticas, azeite, vinho branco. Como podem ver é tudo de bom.

*Quando escolher a abobrinha prefira as pequenas que têm menos sementes e mais sabor.
*Pimentões coloridos podem não ser muito fáceis de achar e se você tiver dificuldades em encontrar pode usar só o verde mesmo. O importante é a mistura de texturas e sabores.
*Pode colocar beringela, mas eu prefiro que não o faça porque como vamos misturar tudo em um refogado, pode ser que o seu sabor sobressaia um pouco e do jeito que fiz tudo se harmonizou muito bem.
*O vinho branco a ser escolhido deve ser seco. Eu já disse aqui que não sou expert nisso, mas acho o Chardonay muito bom para preparações desse tipo. Ele não fica com um sabor muito adocicado depois que o álcool evapora.
*As ervas podem ser as que você mais gostar. Não precisa seguir ao pé da letra.
*Os tomates pelados são tomates italianos sem pele e conservados em seu próprio suco que são enlatados sem conservantes. Estão começando a aparecer algumas marcas nacionais muito boas.



Verduras Aromáticas

1 cebola pequena cortada em tiras
1/2 pimentão vermelho pequeno cortado em tiras
1/2 pimentão amarelo pequeno cortado em tiras
1 abobrinha cortada em tiras sem sementes
2 dentes de alho amassados
1 cálice de vinho branco
Sal e pimenta a gosto
1/4 xícara de manjericão, manjerona, salsinha, tomilho e sálvia picados
1 colher de chá de manteiga sem sal

Em um frigideira quente derreta a manteiga e refogue o alho até que comece a dourar. Coloque a cebola e deixe ficar transparente. Acrescente os pimentões e refogue bem. Coloque metade do vinho e deixe ferver um pouquinho. Se precisar coloque um pouco de água. Quando começar a secar coloque a abobrinha e o restante do vinho branco e um pouco mais de água. Tempere com sal e pimenta. Tampe a panela e deixe por uns 5 minutos. Retire a tampa e deixe reduzir por mais 5 minutos. Coloque a manteiga e mexa bem para que o caldo fique aveludado. Coloque as ervas e misture por 1 minutinho para que els murchem um pouco e seu aroma se apure um pouco. Sirva com peixe, frango ou carne.
Related Posts with Thumbnails