domingo, setembro 30, 2012

Pão com chocolate, granola e raspas de laranja


Fazer dieta é difícil demais. Sempre tem o vilão da vez, aquele alimento super proibido que a partir do momento que ganha esse posto se torna o seu preferido, e que você não consegue viver sem.
Pois bem, o meu sempre foi e sempre será o pão. Não importa o que digam. Sempre amarei esse carboidrato simples que acrescenta pouquíssimos nutrientes à minha dieta e ainda por cima engorda que é uma beleza.
Eu tenho uma receita de pão super simples e deliciosa de fazer. Pensando no problema mencionado acima resolvi incrementar de maneira que pelo menos adicione nutrientes ao bonito, porque emagrecer não vai rolar.


Vamos lá:

*Você pode usar as raspas de qualquer tipo de laranja. Só escolha uma que esteja madura. Cuidado para não raspar a parte branca da fruta, que é amarga.
*O chocolate meio amargo é uma escolha legal e que nesse caso vai super bem já que será um pão mais doce mesmo. Escolhi usar um ao leite que já vem com um sabor leve de laranja.
*A granola que usar pode ser qualquer uma. Eu escolhi uma com mais castanhas porque acho mais gostosa.
*O fermento biológico pode ser substituído por 1 tablete daquele fresco


Pão com chocolate, granola e raspas de laranja

1/2Kg de farinha de trigo
1 sachê de fermento biológico seco
1 pitada de sal
1 colher de sopa de açúcar (e mais um pouco para rechear)
3 colheres de sopa de azeite (e mais um pouco para rechear)
200ml de leite morno
1 ovo levemente batido
50g de chocolate picado
Raspas de 1 laranja
1/2 xícara de granola

Misture a metade da farinha com o fermento. Coloque essa metade em uma tigela grande e faça um buraco no meio. Misture o leite, ovo, azeite, sal e açúcar e jogue nesse buraco na farinha. Com um garfo vá misturando o líquido à farinha até que fique uma mistura homogênea. Coloque mais farinha se achar necessário. A massa deve ficar lisa e desgrudar das mãos. Cuidado com a quantidade de farinha. Observe que a massa deve manter uma certa leveza e que quanto mais você sovar, mais farinha ela ira absorver. Se for muito, o resultado final será um pão muito pesado e seco. Por isso, a atenção nesse momento é importante. 
Deixe crescer na tigela mesmo por 30 minutos.
Após esse tempo divida a massa em dois. Estique uma metade, mas sem muito critério. É apenas para facilitar a mistura dos ingredientes restantes. 
Passe as raspas de laranja na massa. Pincele um pouco de azeite e polvilhe açúcar a gosto. (Eu recomendo uma colher de sopaNão deixe seu pão muito doce. Depois você vai querer passar uma geléia, por exemplo, e achará o sabor doce um tanto exagerado.)
Coloque metade do chocolate e da granola. Agora você vai enrolar a massa e sovar bem até virar uma bola de novo. Coloque em uma forma untada com manteiga e polvilhada com farinha e acomode-a como na foto. Deixe crescer até dobrar de tamanho.


Faça o mesmo com a outra metade.
Leve ao forno até dourar. Deixe esfriar e sirva com sua geléia preferida. Dietética ou não!


terça-feira, setembro 25, 2012

Agora é na panela!!



No post anterior eu ensinei a fazer um peixe delicioso no forno. Aí você pode pensar: "Eu vi, mas prefiro fazer na panela..." Não se preocupe que vou resolver seu problema agora.

As recomendações são as mesmas e você pode consultar aqui.
Peixe na panela

6 filés de pescada (ou o peixe que mais gostar)
4 dentes de alho picados
1 pimentão vermelho cortado em tiras
1 pimentão amarelo cortado em tiras
2 cebolas cortadas em tiras
3 tomates cortado em fatias
1 limão espremido
Azeite
Sal e pimenta a gosto
2 colheres de molho de tomates
1/2 maço de coentro ou salsinha picados

Tempere os filés de peixe com o limão, sal, pimenta, azeite e alho. Reserve. Em uma panela quente coloque metade do restante dos ingredientes menos o molho de tomates.
Tempere com sal e pimenta, mas com cuidado para não exagerar já que o peixe já está temperado. 
Disponha-os sobre as verduras e cubra com o restante delas e o molho. 
Tampe e abaixe o fogo. Tudo soltará seu próprio líquido e quando levantar fervura deixe por 15 minutos. 
Sirva com farofa e arroz ou com purê de batatas. Delícia!




segunda-feira, agosto 13, 2012

Peixe no forno e na panela

Hoje é o dia que você vai querer comer peixe. Ah, não gosta? Espera um pouquinho...
Vou te mostrar duas maneiras de fazer um peixe delicioso, sem cheiro ruim e com sabor incrível. Parecem iguais, mas não são. Vou colocar as receitas em dois posts para não ficar muita coisa em um só.

*Peixe não é para ter cheiro ruim. Se está cheirando mal é porque, obviamente, não está bom para o consumo. Peixe bom tem que ter, no máximo, cheiro de mar ou rio. Nas duas receitas abaixo eu usei peixe congelado. Aqui em Brasília é mais garantido que seja assim, apesar de nos mercados e em algumas peixarias a qualidade dos peixes frescos é bem legal. De qualquer maneira, se você não se sente seguro o suficiente para escolher um peixe fresco vá de congelado que não tem problema. 
*Nessa preparação eu usei um molho pronto bem legal, mas que acredito que usado de outra maneira seja mais interessante. Espinafre com ricota. Não fez muita diferença no sabor. Acho que se colocar um pesto no lugar desse deve ficar bem melhor. A receita do pesto você encontra aqui e aqui.

*Tanto no forno, quanto na panela você vai levar no máximo 1h para fazer contando o pré-preparo.
*Quando usar o alho-poró você deve apenas utilizar a parte mais branca. O verde fica amargo na hora de comer. Utilize essa parte apenas para caldos. Atenção também na hora de limpar, pois pode ter areia e outros sólidos que ninguém quer encontrar na sua comida, certo? 
*Os cortes dos legumes e verduras não precisa ser profissional, mas quanto mais caprichado for, mais gostoso ficará seu peixe.
*Nas fotos você verá 3 filés, mas na receita eu coloquei 4. Problema nenhum, só quis colocar uma quantidade que sirva bem 2 pessoas. Dobre ou triplique a receita tranquilamente se achar necessário.

Tilápia ao forno

4 filés de peixe
Azeite
Sal e pimenta a gosto
4 colheres de sopa de um molho de sua preferência
 2 alhos-porós cortado em fatias finas
1 cebola picada
4 dentes de alho picados
1/2 pimentão vermelho picado
1/2 pimentão amarelo picado
1 tomate cortado em fatias finas 

Misture as verduras em uma tigela e tempere com sal, pimenta e azeite a gosto. Nesse momento você vai colocar o seu sabor. Mais pimenta, mais sal, ou outro tempero que goste. É nessa mistura que você vai determinar que gosto o seu peixe terá.

Agora forre um recipiente que vá ao forno com papel alumínio e coloque um pouco de azeite. Por cima coloque o peixe e tempere levemente. Coloque uma colher do molho que escolheu e cima de cada filé. 


Agora cubra com as verduras. Por cima coloque os tomates. 

 Leve ao forno por 40 minutos e sirva com os acompanhamentos que mais gostar. Eu servi com farofa de farinha de milho e arroz branco.

terça-feira, julho 10, 2012

Dia da Pizza!!

Acho que nesse momento todo mundo já sabe que hoje é Dia da Pizza e muita gente que gosta de cozinhar já deve ter procurado sua receita favorita. Não importa qual receita vai seguir nem como vai rechear. O importante é se deliciar!
Fiz uma pesquisa rápida pelo "Chef Google" e pelo "Professor Google". Clique nos links para  alguns fatos sobre a pizza e algumas receitas legais.Já postei receitas deliciosas aqui e aqui e com essa outra você pode adaptar e fazer em formato de pizza também. Enjoy!




quinta-feira, julho 05, 2012

Eu Fui: Taypá

O Taypá é um dos restaurantes da moda aqui em Brasília. Sua cozinha com inspiração peruana tem sido admirada por todos que visitam o lugar e comigo não foi diferente. Antes de ir entrei no site: www.taypa.com.br e dei uma olhada no cardápio. Fiquei com vontade de tudo, mas não parei de pensar no Lomo Cremoso e cheguei lá decidida do que jantaria. 
Quando nos sentamos (fui com meu marido para comemorarmos nosso aniversário de casamento) já colocaram um baldinho com pães quentinhos feitos pela casa e uma manteiga de ervas com limão e pimenta amarela que fiquei com vontade de levar para casa! 
Não fomos tão ousados quanto deveríamos na entrada, mas estava bem legal. Pedimos "Tequeños de Mariscos com Alcachofa". A alcachofra estava escondida, mas estava bonito e saboroso.

Quando chegaram nossos pratos principais a história foi outra. Que delícia. Que sabor. Que tudo! O marido pediu um Confit de Cordeiro com Gnochi e eu fui na escolha que já tinha feito em casa ainda visitando o site, o Lomo Cremoso.
Molho super temperado, carne suave soltando do osso. Gnochi super leve!

Dois filés altos ao ponto com creme de 3 queijos defumados. Alcachofras e um risoto cheio de aroma e sabor.

De sobremesa escolhemos uma com uma fruta típica do Peru. Apesar de não aparecer nos olhos, no sabor foi outra conversa. O "Milhojas de Lúcuma" consistia em folhas crocantes com creme de lúcuma acompanhado de sorvete de canela e chocolate com pisco. Muito legal! O creme de lúcuma me lembrou um pouco do gosto do tiramissú, um misto de amarguinho com café bem fraco e quando misturado com o sorvete de canela era uma explosão de sabores. 

Enquanto comíamos pesquisávamos na internet sobre a Lúcuma. De cara achei parecida com um abacate, só que amarelo. Vimos fotos em que parecia uma romã amarela. Por fim, achamos que parecia mesmo era com o famoso Pequi, um símbolo do cerrado. Tudo isso só no visual, porque no sabor não chega nem perto de nenhum desses.
Taypá Sabores del Peru
SHIS QI 17, Bloco G, lj 208 - Fashion Park, Lago Sul
Telefone: 3248-0403

quarta-feira, junho 27, 2012

Risoto de Peperoni e Cream Cheese


Ah, o pepperoni... Normalmente a gente o vê marcando presença nas pizzas, mas aqui ele dá o ar da graça nesse risoto delicioso e de sabor marcante que fiz meio sem querer.
Tinha comprado um filé e estava com vontade de fazer do jeito mais basicão possível e fiquei o dia todo pensando o que o acompanharia melhor. Surgiram várias idéias que sempre caíam por terra quando percebia que faltava algum ingrediente. Foi quando garimpando a geladeira vi os pepperoni vermelhos e cheirosos pedindo para serem saboreados.
Acredito que a comida boa não precisa ser elaborada muito menos inventiva ao máximo para ser saborosa. Gosto da simplicidade e da qualidade. Adoro comer em casa com sabor de restaurante - do bom, é claro - e para tanto não é preciso muito esforço.

*Atenção: o cream cheese que é acrescentado nessa receita é apenas com o objetivo de suavizar o sabor. A cremosidade de um bom risoto vem somente do amido que arroz possui.*
*Penso que para acompanhar esse risoto - quando você quiser acompanhá-lo - a carne vermelha seja o ideal. Não vejo o frango, muito menos um peixe se dando bem com ele.
*Muito cuidado na hora de substituir o cream cheese. Na verdade, não acho que possa ser substituído porque um queijo cremoso como ele e de sabor suave como o dele eu não conheço.
*Para saber mais sobre o pepperoni clique aqui.
*O tempo de cozimento do arroz varia de marca para marca. Fique atento às recomendações da embalagem.
*Ao final da receita misture manjericão fresco rasgadinho na hora de servir. Seu frescor é uma delícia. No meu eu coloquei como enfeite do prato e cada um misturou o seu da forma que quis.
*A receita é para duas pessoas. Note que são 100g de arroz por pessoa para uma porção com carne. Se for só o risoto pode acrescentar mais 50g por pessoa.

Risoto de Pepperoni e Cream Cheese


200g de arroz arbóreo
1 cebola pequena picada
1 dente de alho amassado
80g de pepperoni picado
2 colheres de sopa de cream cheese
1 taça de vinho branco seco
1,5l de caldo de legumes sem sal fervente
Azeite
50g de queijo parmesão ralado
10g de manteiga sem sal

Refogue a cebola com o alho e o pepperoni em um pouco de azeite. Coloque o arroz e refogue até que os grãos comecem a ficar transparentes. Coloque o vinho e deixe os grãos soltarem seu amido. Quando o cheiro do álcool do vinho sumir acrescente caldo continuando a mexer. Na metade do tempo de cozimento coloque o cream cheese e continue acrescentando o caldo até o final do processo. Desligue o fogo e coloque o queijo e a manteiga. Mexa bem para que fique homogêneo e tampe a panela. Deixe descansar por 3 minutos e sirva.

quinta-feira, junho 14, 2012

Explore as receitas do blog!

Já faz algum tempo que observo que os tópicos mais visitados do blog são sempre os mesmos. Você pode ver do lado direito da página.
Por isso, não se acanhe em explorar mais o blog. Coloque o ingrediente que mais gosta na caixa de pesquisa aí na esquerda e se houver uma receita com ele vai aparecer. Você também pode procurar pelo arquivo do blog ou até mesmo clicar em uma das sugestões ao final de cada post. Para quem é um pouquinho mais preguiçoso resolvi dar algumas sugestões. Enjoy!

 Não estava nada bonito, mas garanto que estava delicioso! Aproveita que já está na época de morangos e faça. Você pode subsituir o doce de coco por ganache de chocolate ou simplesmente colocar só os morangos. Faça do jeito que mais gostar!
 
Seja com calabresa ou com qualquer carne que desejar, não deixe de fazer com os tomates sugeridos na receita. Eles vão dar um sabor todo especial!
 
Essa receita é incrivelmente simples e deliciosa. Abuse no azeite e coma sem culpa!

Não se preocupe se essa receita é a mais tradicional. O importante para mim é sempre como gosto de fazer e comer. E deveria ser assim para todos. É sempre um sucesso quando faço! 
 
 Essa é rápida e simples. Um jeito mais legal de servir um chocolate com frutas. Agrade seu amor! Mesmo que não seja dia dos namorados. 

 

segunda-feira, junho 11, 2012

Hambúguer

Você vai fazer o seu hambúguer. Não tenha medo! É fácil e muito mais saboroso que alguns que você possa ter experimentado por aí. 
Eu sempre digo aqui que o segredo de uma boa receita são os ingredientes de qualidade. E aqui não é diferente. Compre uma carne de boa qualidade e com pouca gordura. Eu uso o patinho e peço para o meu açougueiro passar na máquina duas vezes. Dessa forma, eu não preciso de tantos elementos secos para dar mais liga na massa. O escolhido foi o tradicional "X-tudo" com salada, bacon, picles, ovo e queijo. Abaixo te dou umas dicas de outras variações.

*Aqueça o pão levemente em uma chapa ou frigideira antes de servir. Assim você garante um pão úmido e que não vai esfarelar quando montar seu sanduíche.
*A mostarda que uso é aquela que não é nenhuma dijon, mas não chega a ser a quase transparente do carrinho de cachorro quente da rua. Escolha uma marca legal que vale a pena.
*Você pode dourar a cebola que vai colocar na carne, mas se quiser colocar crua também pode. 
*O coentro em grãos não é nada parecido com suas folhas. Use sem medo que o sabor que ele dá não é perceptível, mas faz diferença. É aquele segredinho, que quando a pessoa come não sabe dizer o que é, mas se não estiver lá se sente falta.

*Eu uso folhas de coentro também, mas você que não gosta de jeito nenhum pode tirar. Um sabor legal é o da hortelã. Se usá-la faça molho de iogurte e dê uma "vibe" norte-africana ou grega, dependendo do seu gosto.
*O molho é importante e para o hambúrguer tradicional use sempre maionese. Para inovar você pode fazer um de iogurte, como disse acima, ou rosé, barbecue e até mesmo um de tomates bem picante. Siga seu gosto e instinto.
*O mesmo pensamento se segue no queijo escolhido. Eu usei o muçarela, mas um queijo prato, estepe, de cabra e até mesmo o coalho vai ser legal.
*Para acompanhar vá de batatas fritas ou assadas. Como a batata do Elvis que expliquei aqui. Enquanto ela assa você faz o resto.
*Eu costumo servir o hamburguer desmontado na mesa e cada um faz o seu do jeito que mais gosta.
*Você pode escolher a carne que desejar. Os passos são os mesmos e as aquantidades também. 
*Para uma versão vegetariana faça uma mistura de legumes assados com folhas verdes e dobre o ovo eos ingredientes secos da receita. E prefira assar. Assim ele se mantem na forma desejada.

*O aparelhinho que uso para moldar os hamburgueres não é muito fácil de encontrar (comprei o meu naquela revistinha da Avon haha), mas não se desespere. Você pode moldar na sua mão mesmo. 
Hamburguer Delicioso


600g de carne moída
1 colher de sopa de mostarda
1 cebola pequena picada
4 dentes de alho amassados
1 ovo levemente batido
2 colheres de sopa de farinha de rosca
1 colher de chá de sementes de coentro moídas
2 colheres de sopa de folhas de coentro picadas
1 colher de sopa de azeite
Sal e pimenta a gosto



Misture a carne moída com todos os ingredientes. Molde os hambúrgures do tamanho que desejar. 
Esquente bem uma frigideira e coloque uma colher de sopa de azeite ou óleo. Doure os hambúgueres dos dois lados. Procure não apertar a carne para que não perca sua umidade. Tempere com mais sal e pimenta se achar necessário. Para cada ponto da carne deixe mais ou menos tempo na frigideira. Se preferir, quando estiver dourado dos dois lados leve ao forno para que cozinhe por dentro de maneira uniforme.
Fatias de queijo
Fatias de bacon douradas em frigideira
Pepinos em conserva fatiados
Alface e tomate a gosto
Maionese, ketchup e mostarda
Batatas fritas ou assadas

Nesse momento você vai determinar quantos quer com queijo. Basta colocar uma fatia em cada um, tampar a frigideira e deixar derreter. Coloque todos os elementos do "X-tudo" na mesa e divirta-se! ;)
Related Posts with Thumbnails